Ainda não há nenhuma estampa em nossas testas

​ Você certamente viu o vídeo do adolescente que teve em sua testa uma frase tatuada: Sou ladrão e vacilão. Possivelmente você ficou indignado, ou você crê que o ato foi importante, todos os ladrões malditos deveriam sofrer na carne pelo crime que cometeram. Se você se encontrou na segunda opção, você com certeza seria um excelente soldado de algum campo de concentração.

Por favor, não me venham com argumentos fúteis, pequenos e irrisórios como: "Leve para casa", "você nunca foi assaltado'... Pois definitivamente isso não é o que está em debate, sou contra qualquer crime, já estive nas mãos de assaltantes e já sofri muito com a violência urbana. Meu foco nunca foi defender bandido, mas eu defendo a humidade e o estado democrático de direito. Sim, por mais que as pessoas comentam delitos elas possuem DIREITOS.

Você pode estar descontente com o andamento da política e a ineficiência do estado, acredite eu também estou. Mas não é querendo derrubar o estado de direito e promover a tortura que vamos resolver os problemas, alias, vamos aumenta-los exponencialmente. como lembro de Zé Ramalho na música Vila do Sossego "Papillon já me dizia, que nas torturas toda carne se trai". Atacamos a noção de humanidade, deixamos o que há de mais baixo nos dominar, e os fracos e humildes pagarão com sangue, suor e mijo. Querer direitos humanos, para todos os seres humanos, não é coisa de esquerdista, é simplesmente entender que há séculos esses conceitos estão sendo construídos para afastar as práticas mais insanas da humanidade e garantir a vida em sociedade.

O ódio cresce a cada dia, vejo pessoas que se vestem com um rigor estético, roupas bem passadas, camisas engomadas, gel nos cabelos, que parecem que estão voltando de uma entrevista de emprego ou do primeiro encontro com a família do conjuge, e ao mostrarem sua "opinião" revelam que são tão bandidos nos atos e pensamentos que qualquer militante de movimentos extremistas.

Ódio e a defesa do estupro, tortura... enfim de qualquer situação de opressão sobre qualquer ser humano não é opinião. Há limites para o direito do indivíduo, como há para a liberdade de expressão. A democracia se faz num terreno fértil e não num estado de caos e barbarie. É uma pena que quem defenda a violência hoje se encontra num envolucro tão amistoso, que bebe de toda a transformação e evolução social dos homens dos últimos séculos, tão egoístas, e não há nenhuma estampa em suas testas .





A polícia apura que a tortura teria sido de graça sem a ação de crime algum, leia no link












POSTS RECENTES: 

© 2015 por Arnaldo Martin Szlachta Junior

  • b-facebook
  • Twitter Round
  • Instagram Black Round